Luteína & Zeaxantina

O hábito saudável para a saúde ocular

O QUE SÃO?

A Luteína e a Zeaxantina são substâncias que fazem parte natural da dieta, e que, no organismo, tem o papel de participar da proteção dos olhos, e consequentemente, da visão.

Ambas se concentram na mácula, uma pequena região do olho que é responsável pela visão central.

 

Há estudos que sugerem que a ingestão de luteína e de zeaxantina ajudam a proteger a mácula da agressão da luz solar e da radiação ultravioleta, prevenindo a Degeneração Macular Relacionada à Idade (DMRI), e reduzindo o risco de desenvolver a catarata.

 

 

O que é DMRI?

DMRI é a principal causa de cegueira em adultos com mais de 55 anos, uma doença que afeta a mácula da retina e compromete principalmente a visão central e a acuidade visual.

 

 

Onde encontrar

LUTEÍNA E ZEAXANTINA?

 

Como não são produzidas pelo organismo, a luteína e a zeaxantina só podem ser obtidas através da ingestão.

Alguns alimentos são ricos nessas substâncias:
 

- Gema de ovo

- Brócolis

- Repolho

- Espinafre

- Alface

- Vegetais folhosos escuros

- Milho

- Frutas

 

Entre outros.

 

Entretanto, a quantidade de luteína e zeaxantina obtidas através da dieta tradicional pode não ser suficiente.

Em média, o brasileiro consome apenas de 1 a 2 mg de luteína por dia**, que é muito abaixo do recomendado para a prevenção da DMRI.

 

Tanto a luteína quanto a Zeaxantina podem ser respostas no organismo através de suplementos. Já estão disponíveis no mercado produtos modernos com luteína e zeaxantina, e com apenas um único comprimido por dia é possível obter a dose necessária para prevenir a DMRI.

 

CONSULTE SEU OFTALMOLOGISTA PARA SABER MAIS SOBRE A NECESSIDADE DE SUPLEMENTAÇÃO DE LUTEÍNA E DE ZEAXANTINA.

 

**PGAINO, N. M.: SILVA, M. V. Disponibilidade de carotenoides. Nutrire: rev. Bras. Alim. Nutr.= J. Brazilian Soc. Food Nutr., São Paulo, SP, v. 37, n. 3, p. 227-244, dez de 2012.

Alimentos ricos em
LUTEÍNA

 

Alimento (Porção de 100g)                                     Luteína (mg)

Salsinha com cebolinha (cheiro verde)                        11 mg

Coentro fresco                                                                 7,4 mg

Espinafre congelado                                                      6,8 mg

Agrião                                                                                6,8 mg

Rúcula                                                                               6,3 mg

Almeirão                                                                           5,7 mg

Couve manteiga                                                              5,2 mg

Polpa de cajá congelada                                               5,6 mg

Escarola                                                                            4,3 mg

Abóbora japonesa                                                          3,8 mg

Brócolis cozido                                                                3,5 mg

Milho cozido ou fubá de milho                                     0,5 mg

Gema de ovo (equivalente a 2 gemas)                       0,5 mg

 

*Fonte: Tabela brasileira de composição de carotenóides em alimentos, Amaya, Delia B R at Al. - 2008 - Ministério do Meio Ambiente

 

 

 

 

Fonte Folheto: 441613 - LD Oftalmo Folheto Consumidor Vielut

Rua Prudente de Moraes, 56 - Sta. Paula - S.C.Sul - SP

Tel: 011-4224-4972

  • Facebook
  • Instagram